Idioma:

Óleo de Pracaxi, benefícios, propriedades e aplicações da alternativa amazônica para os silicones

Home / Óleo de Pracaxi, benefícios, propriedades e aplicações da alternativa amazônica para os silicones

Óleo de Pracaxi, benefícios, propriedades e aplicações da alternativa amazônica para os silicones

O uso de plantas para fins farmacêuticos e cosméticos é tão antigo quanto a própria humanidade; está já foi a principal fonte e base de toda cosmetologia, antes da descoberta de métodos como a síntese de substâncias similares. Contudo, mesmo na substituição de fontes animais, os sintéticos químicos nem sempre desempenham bem essa função. Desta maneira, as matérias-primas amazônicas, além dos inerentes benefícios sensoriais, estéticos e dermatológicos para o fitocosmético final, carregam também o conhecimento inestimável e a cultura popular, que nenhum similar sintético é capaz de substituir.

O pracaxi (Pentaclethra macroloba Willd Kuntze) pertence à família Fabaceae e no Brasil, é encontrado nas margens de rios e em áreas de várzea além de algumas áreas de terra firme nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Pará e Roraima. A planta é uma espécie arbórea de tamanho médio, de 8 a 14m de altura, possui o fruto em forma de vagem, em média com 20 a 25 cm de comprimento e que contém de 4 a 8 sementes. Atualmente as sementes são recolhidas (catadas) nos rios, praias e igarapés, então são secas ao sol e posteriormente armazenadas para comercialização, de modo que não haja nenhum dano às árvores e elas não precisam ser cortadas para produção do óleo, o que mantém a floresta em pé.

O óleo bruto de pracaxi possui inúmeros benefícios associados ao tratamento capilar: devido aos seus ácidos graxos de cadeia longa constituintes, este óleo possui uma poderosa ação nos cabelos no sentido de disciplina dos fios: conhecido atualmente como “desmaio dos fios”. Quando utilizado em uma formulação capilar, o óleo de pracaxi atua no fechamento da cutícula, diminuindo assim o frizz e as pontas duplas. Ele promove um brilho instantâneo e melhora extraordinariamente o penteado. Além disso, é capaz de fortificar as raízes do cabelo evitando o ataque de fungos e bactérias e assim controlando a sua queda. Devido ainda à sua constituição graxa e performance em emulsões cosméticas, o óleo de pracaxi começa a ser utilizado como silicone natural (de origem 100% vegetal).

Este óleo atua como um revitalizante para as peles manchadas, para peles secas e envelhecidas e ainda é um poderoso agente no combate a estrias, vermelhas e/ou brancas. Ele é capaz de restaurar a elasticidade cutânea, reduzindo a perda transepidermal de água e acelerando o processo regenerativo da pele. Além disso, contribui para a produção de colágeno e elastina, prevenindo o surgimento de novas estrias e auxiliando em processos de cicatrização.

O mercado de óleos e manteigas vegetais cresce a cada ano, influenciado principalmente, pela conscientização do mercado consumidor que vê nessa matéria prima uma solução sustentável e eficiente. Quando produzidos de forma natural e sustentável, como feito pelo Grupo Citróleo, estes produtos garantem todo espectro de ação esperado, mas também trazem o benefício de anos de experiências, utilização e aprimoramento, conduzidos pelos produtores rurais locais, com todo apoio e assistência tecnológica e profissionalizante da empresa.